quinta-feira, dezembro 14, 2006

A publicidade ontem e hoje


A publicidade anda mesmo pelas ruas da amargura. A mediocridade e o humor imbecil tomaram conta desta área que move tantos milhões de euros. E quem faz os anúncios revela a sua impotência criativa e a sua ineficácia comunicativa. A publicidade é má e os criativos justificam-se dizendo que "é isto que o povo gosta" ou que o público-alvo do anúncio não alcançaria subtilezas mais elevadas. Que disparate! Que desculpa de mau pagador! Um exemplo: o imbecil anúncio da BMW com o Cocas destina-se a uma classe média-alta medianamente instruída. E o que lhe dão os criativos? Um anúncio com um trocadilho lorpa e sem piada alguma.
Deixo o lindíssimo cartaz que Alfons Mucha produziu para anunciar a peça de Musset. E digam-me lá o que é boa publicidade.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home