terça-feira, dezembro 26, 2006

Salvem os gordos! (ou a discriminação como mensagem natalícia)


Os portugueses ainda não se aperceberam bem do que é capaz esta terceira via socialista que tem influenciado políticos de centro-"esquerda" por todo o mundo. Dia após dia, os ingleses não param de se surpreender (negativamente) com as medidas anti-sociais (e pró-economicistas) do seu governo de esquerda fingida (lá dizem os ingleses: "beware of the wolf wearing sheep's clothing"). Nesta primeira página do Independent assistimos ao anúncio do plano do governo inglês de discriminar os obesos no acesso ao Serviço Nacional de Saúde. (O título e o subtítulos rezam assim: "Os obesos poderão ver negada a prioridade na assistência médica do Serviço Nacional de Saúde: Os doentes com doenças 'auto-infligidas' enfrentam discriminação"). Delicioso! Ou seja, o regime Blair quer com isto inculcar nos ingleses a ideia de que os obesos nos prejudicam economicamente a todos e que merecem ser discriminados. (Curiosamente, a regra não se aplica aos fumadores!) Para além da discriminação social, os gordos terão de enfrentar a discriminação institucional. Que bela mensagem natalícia de humanidade e tolerância.
Blair é irmão gémeo ideológico de Sócrates: ambos são filhos desta pseudo-esquerda realpolitik, agrilhoada à ditadura da Economia. Quando achamos que já assistimos ao mais feroz dos ataques ao Estado, aos deficientes (memento IRS), à educação, aos desprotegidos, estamos a iludir-nos. Temo, muito sinceramente, que nem conseguimos hoje imaginar as medidas que este PS tem ainda para nos oferecer. O que se passa em Inglaterra tem-me servido de farol ominoso para descortinar aquilo que pode vir a passar-se em Portugal.

3 Comments:

Anonymous Nan said...

gémeo do sócrates, mas com algumas particularidades que jogam a seu favor.

a ver:

- é muito mais giro.
- já não se espera dele pior do que já fez.
- já anunciou a retirada da vida política.

3:46 da manhã  
Blogger Fausta Paixão said...

ai desculpa lá nan, mas o Blair é muito mais giro!!!!! Aquilo é que é um Homem!

O que eu não sabia era que a puta se chamava Realpolitik. A mãe dos dois, não é?

Ó meu deus, já vim aqui estragar este blog tão sério... mas depois de ler este post fiquei com a sensação que o autor está com problemas de peso, ou engano-me?

É que depois do discurso socrático natalício quem é que não acredita estar a viver no melhor dos mundos?

1:30 da tarde  
Blogger Alexandre Dias Pinto said...

Cara Fausta Paixão:

Nem este blogue é um blogue sério nem a caríssima vem estragar o nosso Tonel. Volte sempre na forma que lhe aprouver: com um murro na mesa, com um palavrão, com um berro ou com uma ofensa gratuita. Do que não gostamos é de monguice.

Ao contrário do que poderei ter dado a entender, não tenho problemas de peso. Pelo menos, agora não. Mas solidarizo-me com os que têm.

Saudações tonelistas.

ADP

8:51 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home