quinta-feira, maio 31, 2007

Um candidato independente à medida da esquerda moderna

O candidato do BE visitou, esta semana, as oficinas da CML e, curiosamente, os trabalhadores receberam-no numa manifesta indiferença ou, senão mesmo, em absoluto desprezo.
Razões têm os trabalhadores, para tal. O DR. Sá Fernandes, candidato independente do BE anunciou, frente às câmaras da televisão, que havia uma duplicação de serviços e, como tal oficinas como aquelas poderiam se fundir ou encerrar. O "Bloco de Esquerda Moderna" parece não ser nada inovador, todos nós conhecemos este discurso, discurso cada vez mais na mesma. Em breve, segundo o "Bloco de Esquerda Moderna", teremos oficinas privatizadas.
Enfim, noutros tempos, os trotskistas/maoistas do "Bloco de Esquerda Moderna" diziam:
"os ricos que paguem a crise", pelos vistos, hoje, a palavra de ordem é: "os pobres que paguem a crise" . Será que, num gesto de fraternidade e solidariedade operária, o Dr. Sá Fernandes , candidato independente do "Bloco de Esquerda Moderna" dispensará os seus nove acessores?

1 Comments:

Blogger pedro silva said...

Caro raimundo: a "esquerda moderna "´´e o PS...

3:13 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home