terça-feira, dezembro 26, 2006

Salvem os gordos (II)


Como continuação do post anterior, que se centrava no plano de negar aos obesos a prioridade na assistência médica do Serviço Nacional de Saúde por, segundo o governo Blair, se tratar de "doentes com doenças 'auto-infligidas'", propomos um pacote de medidas governamentais que assumam que há responsabilidades de outros tipos de indivíduos nas doenças que se "auto-infligiram":
.Será negada aos políticos a prioridade no acesso aos psicólogos e psiquiatras.
.Será negada aos fumadores a prioridade no acesso aos pulmonologistas.
.Será negada aos tele-espectadores a prioridade no acesso aos oftalmologistas.
.O mesmo se aplica aos profissionais que trabalhem diante de um computador.
.Será negada aos contorcionistas a prioridade no acesso aos fisioterapeutas.
.Será negada aos escanções a prioridade no acesso aos estomatologistas.

4 Comments:

Anonymous Nan said...

.será negada às grávidas a prioridade no acesso aos obstetras...que é para aprenderem a acabar o que começaram!

3:54 da manhã  
Blogger Fausta Paixão said...

ah, os tele espectadores podem ir aos oftalmologistas que é para poderem continuar a ser teledependentes. Ao menos assim não têm tempo para se atormentarem com coisitas de pequena monta.
A solução deste país tem de passar pela matança dos cotas. Todo aquele que tenha mais de cinquenta deve ser exterminado. Restam os catraios, eu sei, mas esses não pensam, são o melhor público alvo para o actual governo. Aliás por que é que pensas que o ensino está como está? Interessa a alguém formar seres pensantes?

O pior são as merendas dos bares da escola... é nisso é que eles têm de pensar: uma reforma alimentar, isso sim!

1:39 da tarde  
Blogger Raimundo_LULIO said...

Esquerda fingida
Gostei dessa!

5:59 da tarde  
Blogger Alexandre Dias Pinto said...

A esquerda fingida funciona na ideologia da mesma forma que a lagosta fingida se comporta à mesa: enche o olho dos mais néscios. Não concorda, Sr. Lúlio?

7:15 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home