terça-feira, agosto 26, 2008

"Chaves, 26 de Agosto de 1991"

« Viver clandestinamente. Que outra maneira airosa tem o poeta de o ser neste mundo de hoje, senão a de parecer uma coisa por fora e ser outra por dentro? Mas sê-lo, então, de verdade, frontal e desassombradamente, com a prova insofismável da poesia. »

Miguel Torga, Diário, vol XVI.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home