quinta-feira, julho 02, 2009

Conspiracy - "Evacuation"

Vi o interessantíssimo filme 'Conspiração', que se centra na Conferência de Wannsee, onde se gizou a Solução Final (por extenso, a Solução Final da Questão Judaica). Como não sobreviveram, ao que creio, as transcrições desta reunião secreta de altos (ir)responsáveis do regime Nazi, não devemos tomar como verdades históricas o cinismo e a insensibilidade dos participantes no encontro da forma como o filme ilustra, obviamente! Mas o clima de indiferença, de desumanidade, de "banalidade do mal" (Arendt dixit) é retratada de forma superior pelo filme.

Cada vez mais a expressão "politicamente correcto" me fod..., perdão, me fere mais os ouvidos. A expressão, recorde-se, ironiza e deprecia a defesa dos direitos daqueles que foram milenarmente desrespeitados e brutalizados pela maioria dominante (devido à sua etnia, ao seu credo, ao seu fraco poder económico, etc.). Ora, politicamente correcto significaria ali, na reunião de Wannsee, afirmar o direito dos judeus à vida e à liberdade quando a "Realpolitik" alemã aconselhava a sua erradicação.

Mudam-se os tempos, e a nossa bússola axiológica deixa de funcionar. E quando falamos nos direitos dos desfavorecidos, dos desprezados, dos animais, o direito à verdadeira liberdade, lá volta o trocista rotulozinho do "politicamente correcto". A questão é esta: ou os princípios éticos são trans-históricos e trans-civilizacionais, ou a humanidade não é tão humana como reclama.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home