quarta-feira, setembro 19, 2007

Aquilino Ribeiro

Aproveito este post 350 para dizer aqui umas palavrinhas sobre a trasladação dos restos mortais daquele, pelo menos é o meu alvitre, que considero um dos maiores escritores de língua portuguesa do século XX: Aquilino Ribeiro.
Já agora que vem a talho de foice, porque não se faz uma edição da obra completa de Aquilino, pois, como muita gente sabe, é muito complicado arranjar algumas obras deste autor essencial para o conhecimento do nosso país na primeira metade do século XX.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home