terça-feira, agosto 04, 2009

LUGAR AO SUL


É o lugar maravilhoso que o farense Rafael Correia incansavelmente cultivou e nos veio descobrindo desde 1980, na rádio pública. Semana a semana, deu-nos o melhor das coisas e gentes do Alentejo e Algarve, e o melhor da nossa música portuguesa.

Parece que a última emissão foi radiodifundida na semana passada.. Espero que a direcção da RDP tenha feito tudo o que devia para manter no ar um programa que era um lugar privilegiado do melhor serviço público que se pode fazer.

Quando no futuro algum pesquisador curioso de saber como era a antiga gente lavradora e pescadora portuguesa do Portugal “pré-europeu”, e se quiser instruir em humanidade, não poderá deixar de estudar o tesouro das entrevistas acumuladas pelo radialista Rafael Correia ao longo dos últimos quase 30 anos. De facto, pelo quantioso e valioso dele, não tenho eu a menor dúvida que esse trabalho do grande farense é de uma importância antropológica só comparável ao de Michel Giacometti, na musicologia, e ao de Leite de Vasconcelos, no domínio mais lato da cultura popular. Ainda com a vantagem sobre este de termos aqui a voz directa e genuína do povo, sem a filtragem do comentário erudito.

O leitor pode por si verificá-lo, descarregando daqui as últimas emissões. O programa de 4 de Julho passado foi feito em Peroguarda (Ferreira do Alentejo), onde Giacometti quis ficar sepultado, e dele muito justamente se fala com a senhora Inês dos Reis Dias, bordadeira e cantadeira de 74 anos de idade, mas de alma juvenil e voz ainda bonita e bem conservada.

Como português que (ainda!) me prezo de ser, quero aqui exprimir e fixar o meu sentido reconhecimento a Rafael Correia.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home