domingo, agosto 06, 2006

Eça, Ortigão, a larica e as dietas


Entrei há umas semanas numa dieta alimentar (uso o pleonasmo para não imaginarem que a dieta aqui é metafórica), que tem tido alguns resultados animadores. O pior é que, para um lambão como eu, custa muito, mesmo muito (!), trocar bolinhos por tostas integrais, açorda e bacalhau à Brás por peixe grelhado, álcool por água light, entre outros sacrifícios gastronómicos a que a pós-modernidade ocidental não me habituou. Ora, para distrair esta imolação dos meus prazeres culinários, resolvi pôr-me a ler romances para o intervalo das refeições passar mais depressa. Embarquei no outro dia n'O Mistério da Estrada de Sintra, narrativa composta a duas mãos por Eça de Queirós e por Ramalho Ortigão. Foi pior a emenda que o soneto. É que, na página 76 da minha edição, esbarrei com este excerto:
"Havia sobre a mesa um pão, uma caixa de sardinhas de Nantes, uma terrinazinha de fois gras, uma perdiz, uma fatia de queijo e três garrafas de vinho de Borgonha [...] Atirei rapidamente com os pés para o chão. Sentei-me no sofá, senti a fome a encavalar-se-me no dorso, carregar-me na cabeça para cima da ceia, cingir-me a cintura com as suas pernas esgalgadas e cravar-me no estômago vazio os acicates da gula." [Como te entendo, narrador, mon semblable. As vezes que isso me ocorre ao dia...]

(Na foto vemos Eça e Ortigão.)

3 Comments:

Blogger Woman Once a Bird said...

Já agora, Baudelaire, e tudo o que tem a dizer sobre o vinho... ;)

8:50 da tarde  
Blogger Isabel Magalhães said...

Já ouviu falar na 'Dieta do Pescoço'?

Consiste em movimentar a cabeça da esquerda para a direita e da direita para a esquerda.

E quantas vezes ao dia? perguntar-me-á...

Sempre que lhe oferecerem de comer e beber!

Um [] :)

10:06 da tarde  
Blogger turbolenta said...

Se tivesse de fazer comida, diàriamente para toda a família,a todas as refeições(O que talvez não seja o caso), seria ainda mais difícil.
Meu amigo:- a gula-dizem que é pecado.
Eu chamo-lhe apenas uma vontade desenfreada de comer,principalmente aquilo que mais nos engorda.

Nota:
Se adora chocolates pode marcar presença,no festival do chocolate,em Óbidos, de 2 a 12 Novembro.

2:07 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home