domingo, junho 29, 2008

A esquerda, pá!

Para assinalar o meu despousio vou transcrever (tenho usado mais acertadamente o verbo roubar), de Novembro de 2000, um texto de autor contemporâneo que, para não variar, não vou identificar para não facilitar que me processe.
“Preocupados com o passado, o presente e o futuro da agricultura, reuniram-se num colóquio em Mértola Cláudio Torres (apoiante do Bloco de Esquerda e da CDU), Constantino Piçarra (apoiante só do Bloco de Esquerda) e um ex-ministro da Agricultura, considerado próximo só do PCP. O encontro foi anunciado há semanas em Castro Verde por Fernando Rosas, candidato bloquista à Presidência, mas na realidade foi organizado pelo Campo Arqueológico de Mértola, dirigido por Cláudio Torres, mandatário nacional de Rosas. Ou seja, o Bloco Agrícola de Mértola anda a realizar, empenhadamente, iniciativas no domínio da arqueologia de esquerda. Que escrevo eu? Há qualquer coisa que não soa bem aqui. Re-escrevamos: o Campo Arqueológico de Esquerda promoveu, no passado dia 4, e em conjunto com o Bloco de Mértola, um colóquio sobre Agricultura. Não, bolas, também não foi assim. Quem promoveu o encontro foi o Bloco Arqueológico de Mértola em conjunto com o Campo de Esquerda. Também não. Acho que me enganei outra vez… O colóquio foi uma iniciativa da Esquerda Arqueológica no Campo com a colaboração de Mértola em Bloco. Se calhar também não foi exactamente isso. Vamos então tentar de novo. Realizou-se recentemente um encontro promovido pelo Bloco do Campo Agrícola em conjunto com alguns elementos da Esquerda Arqueológica. Não, caramba, enganei-me outra vez. Até parece mentira! Vamos à última tentativa: a Agricultura Arqueológica da Esquerda conspirou recentemente com membros do Campo de Mértola. Bem, desisto. Fiquemos por aqui.
No fundo, acho que toda a gente percebeu. Foi uma iniciativa gira, pá. Isso é que interessa. Foi assim uma coisa de esquerda, pá. Da esquerda caviar mais da esquerda tractorista. Da esquerda folclórica e da esquerda descontraída. Da esquerda de camisa aos quadrados à esquerda da boina guevarista. Da esquerda mais ou menos animada à esquerda mais ou menos coerente. No fundo, não interessa muito se foi o Bloco de Mértola, a Arqueologia Agrícola ou o Campo da Esquerda quem organizou a iniciativa. No fundo, o importante é a esquerda. A esquerda , pá."

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Afinal você ainda tem cura dessa maleita que o atormentou em tempos.
O seu amigo descendente do autor dos Meus Cadernos

10:48 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home